Entenda os impactos do eSocial para o departamento pessoal nas empresas - Artigo / Cursos Módulos

Entenda os impactos do eSocial para o departamento pessoal nas empresas

  • Cursos Módulos
  • /
  • 06/09/2018

Entenda os impactos do eSocial para o departamento pessoal nas empresas

Não é novidade que a burocracia encarece a produção brasileira e, muitas vezes, graças a sua complexidade, induz o empresário ao erro. Com o objetivo de resolver esse problema, o Governo Federal desenvolveu o eSocial, um sistema que deve transformar o funcionamento das empresas, principalmente o departamento pessoal.

Embora a adesão ao eSocial seja obrigatória, não são poucos os profissionais e empresários que ainda tem dúvidas a seu respeito. Continue a leitura do artigo e descubra as mudanças que o sistema propiciará no departamento pessoal de sua empresa.

Entenda como funciona o eSocial

eSocial é um sistema eletrônico, criado por meio do decreto 8.373 de 11 de dezembro de 2014, com a finalidade de unificar a prestação de contas aos órgãos governamentais, de natureza fiscal, trabalhista e previdenciária. Por força de lei, as empresas são obrigadas a aderir ao sistema.

A implementação do eSocial já começou e empresas com faturamento superior a R$ 78.000.000,00 por ano participam do sistema desde janeiro de 2018. Para as demais empresas, de faturamento anual menor, a integração ao eSocial passou a ser obrigatória a partir do segundo semestre de 2018.

Descubra como o eSocial otimiza a fiscalização 

O eSocial foi criado com o objetivo de agilizar o processo de fiscalização, feito por órgãos governamentais, e torná-lo mais eficiente. Essa meta deve ser alcançada por meio do envio de informações a um sistema único, o que facilita a realização de fiscalizações e dificulta a prática de infrações e irregularidades.

Uma vez que a entrega de dados passa a ser feita diretamente aos órgãos responsáveis, o cuidado com sua precisão e veracidade deve ser redobrado.

Conheça 5 impactos do eSocial na sua empresa

Como resultado da implementação do eSocial, diversas mudanças devem acontecer nos processos internos de empresas, em seu departamento pessoal, nas fiscalizações por instituições públicas e na manutenção dos direitos dos colaboradores.

Entre esses impactos, podemos citar:

1. Simplificação de atividades

Antes do eSocial se fazia necessário processar um grande número de documentos e entregá-los para órgãos como INSS e Ministério do Trabalho.

2. Racionalização dos processos

Por meio do novo sistema, informações referentes aos funcionários serão incluídas uma única vez, criando uma só guia, e poderão ser acessadas por qualquer um dos órgãos participantes do eSocial.

Graças a essa praticidade, documentos como DIRF, RAIS, CAT, PPP, GFIP serão extintos e os processos se tornarão mais eficientes.

3. Otimização da gestão organizacional

Uma vez que todas as informações pertinentes da empresa estarão dispostas em forma de dados, no eSocial, os gestores terão acesso a elas mais facilmente. A própria análise da informação será simplificada, facilitando as tomadas de decisões.

4. Economia de recursos

Como todas as informações da empresa estarão registradas em um ambiente digital, o gasto em papel deixará de ser necessário. A implementação do sistema também abrirá portas para uma economia de espaço, pois a guarda dos arquivos não será feita em ambientes físicos.

5. Transparência e segurança jurídica

À primeira vista o eSocial parece beneficiar apenas o governo e os trabalhadores. Mas, uma vez que toda a informação necessária está disponível em uma fonte segura de dados, ela serve como uma garantia perante o fisco e dificulta que possíveis decisões arbitrárias prejudiquem a empresa.

Saiba como se preparar para o eSocial

Os departamentos de pessoal, Recursos Humanos e Segurança e Saúde no Trabalho serão os mais afetado pelo eSocial.

Com o objetivo de garantir que a empresa esteja preparada para lidar com as novas demandas, uma série de medidas se faz necessária. Entre elas podemos citar:

  • realizar a qualificação cadastral de colaboradores;
  • treinar o pessoal responsável por utilizar o novo sistema;
  • pôr em ordem toda a documentação exigida pela legislação.

É possível que algumas dificuldades ocorram durante a implementação do eSocial. Mas uma vez que o sistema surgiu com o objetivo de reduzir a pesada burocracia brasileira ao longo do tempo à medida deve ter resultados positivos.

Agora que você entende as alterações que o eSocial acarretará no departamento pessoal de empresas por todo o Brasil, gostaria de ter mais acesso a conteúdos relevantes? Siga nossos perfis nas redes sociais e se mantenha a par de novas informações. Estamos no FacebookGoogle +Instagram e LinkedIn.

Tags: eSocial, departamento pessoal



Comentários

Sobre Nós

Somos uma empresa que apoia o desenvolvimento profissional, e estamos em pleno processo de expansão e aproximando-se da liderança em cursos e treinamentos no país.

Newsletter

Receba nossa Agenda Mensal

Ao concordar com a política de privacidade você aceita receber e-mails da Cursos Módulos com informativos de cursos, agendas e promoções.

Nossos Contatos

Av. Brigadeiro Luís Antônio, nº 2050
Sobre Loja A (SL A)
São Paulo - SP

(11) 3285-4620
 (11) 99517-1666 (WhatsApp)